images/banners/slide1.jpg
FERRAMENTAS MANUAIS SÃO AS QUE MAIS CAUSAM ACIDENTES DE TRABALHO

Ao iniciar qualquer tarefa deve-se escolher, sempre, a ferramenta apropriada e revisar seu estado de conservação. O treinamento dos trabalhadores pelas chefias intermediárias quanto ao uso de ferramentas é fundamental, além do que, entre outras coisas, devem ser tomadas as seguintes precauções. Dentre estas causas ou condições que podem nos levar a um acidente, destacamos as FERRAMENTAS MANUAIS:
Que são as ferramentas de golpe – martelos, cinzéis, com borda afiada – facas, machados, formões, de torção – chaves de fenda, chaves de boca, de pinçamento – alicates, tenazes, torquês.
A escolha da ferramenta adequada ao trabalho a ser realizado, considerando-se a forma, peso e as dimensões do ponto de vista ergonômico. Não devem ser utilizadas para fins diversos dos previstos e nem devem ultrapassar a função para a qual foram desenhadas. Comprovar que os cabos não estejam estilhaçados nem rachados e que estejam perfeitamente encaixados e solidamente fixados à ferramenta como martelos, chaves de fenda, serras, limas. Verificar que os mordentes, bocas e braços das ferramentas de aperto estejam sem deformações como alicates, chaves de boca, chaves de fenda.
O armazenamento tem como objetivo, guardar as ferramentas em ordem, em caixas, painéis ou estantes onde cada uma tenha o seu lugar. Não se deve colocar ferramentas em locais de passagem, escadas ou outros lugares elevados se há o risco de queda das mesmas sobre os trabalhadores. A melhor solução é manter o controle centralizado em um só lugar, mas, se não for possível, deve-se verificar periodicamente a sua localização e estado de conservação. As ferramentas de uso pessoal são geralmente melhor conservadas. Os riscos mais importantes consistem, sobretudo, em golpes e cortes nas mãos e outras partes do corpo, lesões oculares por projeções de partículas e distensões por movimentos violentos; sendo as principais causas. As ferramentas manuais podem ser definidas como utensílios de trabalho utilizados geralmente de forma individual e que requerem unicamente para o seu acionamento a força motriz humana. Diante da multiplicidade de ferramentas manuais, cuidar para que as de corte ou de bordo afiado estejam perfeitamente afiadas.Ter em conta que as cabeças metálicas não devem ter rebarbas. Verificar o estado dos “dentes” das limas e serras. Acondicionar as ferramentas de forma adequada para evitar deterioração por ferrugem.
Revisar periodicamente o estado das ferramentas. Reparar os defeitos quando possível ou descartar a ferramenta. Não fazer reparos provisórios que produzam risco de acidentes. Os reparos devem ser realizados sempre que preciso, por pessoal especializado. Para o transporte deve-se observar o seguinte: Utilizar caixas, bolsas ou cinturões especialmente desenhados. Para ferramentas de corte ou afiadas, usar bainhas. Nunca transportá-las no bolso da roupa. Ao subir ou descer de uma escada manual, deve-se utilizar bolsas que deixem as duas mãos livres. Nada impede que outras, tomadas a favor da segurança, possam ser implementadas. Pequenas atitudes prevencionistas, são grandes ações em favor da vida. Não se esqueça, ferramentas manuais também causam acidentes. A pessoa encarregada da aquisição de ferramentas manuais deve conhecer o trabalho a ser realizado pelas ferramentas, possuir ideias básicas sobre os distintos tipos de ferramentas para adquirir as mais adequadas às necessidades de seu uso e buscar fornecedores que garantam uma boa qualidade. As ferramentas não devem sofre utilização inadequada estarem defeituosas ou de baixa qualidade, manutenção inadequada ou Armazenamento e transporte deficiente.
Com o objetivo de eliminar ou reduzir ao mínimo os riscos derivados da utilização, deve-se realizar um programa de prevenção que contemple as fases de aquisição, uso, manutenção e transporte desses utensílios de trabalho. Evite exercer força excessiva quando do manuseio de chaves (grifo, combinadas, etc.), principalmente, se estiver puxando-a em direção a seu corpo. Esta chave pode escapulir e se projetar na sua direção.
Todas as ferramentas e dispositivos manuais se desgastam com o constante manuseio e para tanto, devem ser inspecionados frequentemente, verificando o seu desgaste e seus defeitos.
Caso necessário, deverão ser trocados imediatamente. A chave de fenda é uma das ferramentas manuais que mais se apresenta como causa de acidentes, devido a sua manutenção inadequada. Na sua afiação, por exemplo, deve-se usar um lima, ao invés de esmeril. Qualquer tipo de improvisação no uso de suas ferramentas e dispositivos manuais, podem se tornar perigosos, se as mesmas forem utilizadas para outras finalidades diferentes daquelas a que se destinam. Por isso, certifique-se de que está usando a ferramenta correta. Ex: não use alicate como martelo ou como chave fixa ou ainda chave-de-fenda como alavanca. Diante dessas recomendações, se seguidas corretamente o acidente tende a ser neutralizado! Bom trabalho !

Fique atento – PREVINA-SE!

 

 

Publicado emBlog
A utilização incorreta das ferramentas manuais, podem danificá-las e ainda causar lesões aos colaboradores!

A utilização incorreta das ferramentas manuais, podem danificá-las e ainda causar lesões aos colaboradores!

É obrigação de o colaborador manter os equipamentos e ferramentas em condições de uso. ferramentas devem ser inspecionadas periodicamenteVamos pegar como exemplo, ferramentas simples, como alicates e chave inglesa que são utilizadas frequentemente nas atividades. Existem vários tipos de alicates - Os alicates diagonais possuem mandíbulas cortantes, que colocadas em ângulo, tornam-se especiais para pinos de chaveta. Alicates bico de pato: Auxiliam em aberturas estreitas, remoção e instalações de pinos, Retentores da mola de válvula, usados em alguns motores. alicate de corte são utilizadospara trabalhos em equipamentos elétricos e cortes preliminares de cabos elétricos. Deverão ser sempre isolados. Muitos colaboradores por desconhecimento acabam por retirar o isolamento em algumas situações retirando assim propriedade de proteção da ferramenta. Procure se orientar a respeito das ferramentas seguindo as recomendações: Não utilize os alicates como martelos, nem como chaves, pois poderão soltar estilhaços, uma vez que não sofreram o mesmo sistema de têmpera que a ferramenta indicada para este fim; Evite utilizar alicate em superfícies endurecidas, pois danifica os dentes, perdendo a garra; Não utilize um alicate como chave, pois, caso contrário, não aprisionará e danificará uma porca ou parafuso; Os alicates como as outras ferramentas, devem ser mantidos limpos.  Ponha um pouco de óleo no pino de articulação. Lembre-se que ferramentas em bom estado geral eficiência de serviço, e controle do risco de acidentes de trabalho. MTE.Segurança do Trabalho : Quais são as ferramentas e equipamentos de equipe de eletricistas de manutenção/operaçãoOutra ferramentas muito utilizada nas atividades de trabalho são as chaves inglesas: Use sempre as chaves que tenham as mandíbulas em boas condições e que sejam do tipo certo e tamanho próprio para o serviço; Nunca use calço entre a chave e a peça a ser rosqueada, pois dependendo da ação que será executada o aperto poderá ser parcial gerando insegurança que poderá gerar o acidente de trabalho. Não use a chave como martelo! Em muitos casos, dependendo da atividade alguns colaboradores tem por habito, usar mesmo estas ferramentas como se fossem martelos, vamos identificar essa não conformidade quando as mesmas estão amassadas e cheias de rebarbas e também com trancas devido a fortes pancadas que recebem durante a atividade.É obrigação de o colaborador manter os equipamentos e ferramentas em condições de uso. Não prolongue, por meio de tubos, o tamanho do cabo da chave. Neste caso é que o ato inseguro do colaborador pode culminar em um acidente por soltura de o prolongamento vindo o colaborar sofrer uma pancada que resultará numa luxação ou até mesmo numa fratura. Ajuste bem a abertura da chave inglesa às porcas ou parafusos que deseje apertar ou afrouxar: Aperte bem, antes de aplicar força na chave; Sempre coloque a chave na porca ou parafuso, a fim de puxar o cabo. As mandíbulas tendem a envolver mais a porca ou parafuso; Puxar uma chave inglesa é mais seguro do que empurra-la; Lubrifique periodicamente o fecho da abertura corrediça das chaves inglesas. Essas ferramentas são consideradas simples, e talvez por causa desta suposta simplicidade que os colaboradores acabam utilizando de forma insegura ou incorreta abrindo precedente para ocorrência de acidentes de trabalho no interior das empresas ou até mesmo nos domicílios quando o colaborador está numa atividade informal. Nunca utilize ferramentas se não estiver habilitado para fazer o serviço.Nunca utilize ferramentas se não estiver habilitado para fazer o serviço. Chame o especialista, principalmente se envolver riscos elétricos Caso a solução de uma não conformidade em equipamentos e ferramentas não esteja ao alcance do colaborador, as informações deverão ser repassadas ao encarregado ou ao supervisor da equipe. Neste contexto a segurança do trabalho tem importante papel que é dar o suporte para que as não conformidades sejam solucionadas de imediato para que dependendo do problema não se torne um risco em potencial para o colaborador. É obrigação também do colaborador que em caso de dúvida quanto à realização de qualquer tarefa solicitar orientação junto segurança do trabalho no sentido dirimir qualquer dúvida. Visto que essas ocorrências contrariam as normas de segurança da empresa e podem resultar em acidentes, devemos solicitando a empresa que fique atenta ao cumprimento dos procedimentos de segurança, criados para proteger a vida humana e a propriedade da empresa e de seus clientes. Para que essa experiência sirva como fator de melhoria para toda nossa equipe e para melhorarmos continuamente a qualidade dos serviços, o que é especialmente importante quando o assunto é segurança. Lembrando que o papel da segurança do trabalho tem como objetivo a prevenção de possíveis acidentes de trabalho. Por esse motivo que recomendamos que sejam feito os check list de ferramentas para que sejam identificadas falhas que podem comprometer o bom desempenho das atividades e colocar em risco a integridade física dos colaboradores. A normas de segurança passaram por revisões em 2019, mas o conceito de segurança, continua validado! 

 

 

Publicado emBlog
Curso NR

Mais Lidas

A utilização incorreta das ferramentas manuais, podem danificá-las e ainda causar lesões aos colaboradores!
Blog A utilização incorreta das ferramentas manuais, podem danificá-las...
É obrigação de o colaborador manter os equipamentos e ferramentas em condições de uso. V...
Nas atividades de trabalho, a utilização dos EPIs, é mais que um dever, é uma obrigação !
Blog Nas atividades de trabalho, a utilização dos EPIs,...
O trabalhador poderá interromper suas atividades quando constatar uma situação de trabalho...
Técnico de segurança do trabalho  e as suas atribuições nos canteiros de obras
Blog Técnico de segurança do trabalho e as...
Independentemente da obrigatoriedade legal, as empresas que executarem atividades deverão ...
Como elaborar relatório de ocorrência de acidente de transito, no veículo  a serviço da empresa
Blog Como elaborar relatório de ocorrência de acidente de...
No Brasil os dados são ainda inconsistentes, mas acidentes e doenças do trabalho impactam ...

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nosso conteúdos por email

O Blog Segurança do Trabalho tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento pessoal e profissional dos seus leitores, visando aborda sobre os mais variados temas no âmbito da segurança e saúde do trabalho, direito trabalhista, direito previdenciário, meio ambiente, comportamento pessoal e profissional, entre outros. Dessa forma, o site vem ganhando seu espaço e reconhecimento.